Mapas Do Acaso - Carol Lima | Resenha

Lua protagoniza um clichê que, com certeza, você já pensou para si mesma.

dezembro 09, 2020 - Postado Por: Everton Assis
Compartilhe:

Lua protagoniza um clichê que, com certeza, você já pensou para si mesma.

Mapas Do Acaso; Carol Lima; resenha; foto da capa do livro digital

Estou me sentindo muito importante por estar trazendo uma resenha de um livro que ainda vai estrear no mercado. Pude conhecer Lua e os demais personagens que compõem a trama de “Mapas do Acaso” e vou dar bons pontos para você adquirir esta história.

“Mapas do Acaso” é sobre como uma situação pode desencadear uma grande reviravolta na vida de uma pessoa, sobre como os pensamentos mais distantes podem tornar-se realidade (isso, você acreditando de fato ou não).

Nossa protagonista, Lua, uma paraense, designer de ux e agora aspirante a autora se vê em uma pequena corrida. Sua história está concorrendo a um grande prêmio em uma feira literária americana, chamada FictionCon, tudo graças a sua amiga (e salvadora, você vai entender quando ler) Roberta.

Mapas Do Acaso; Carol Lima; resenha; foto da capa do livro digital

Lua embarca nessa viagem com destino a Nova York, o que ela não esperava era esbarrar com um italiano logo nos primeiros dias na cidade, um homem que parece ter saído de um daqueles romances hots que ela adora ler.

Matteo, o italiano no caso, aparece no momento certo dessa viagem (destino, e o meu? Eu te fiz alguma coisa?) e já de cara enfeitiça Lua com seu jeito galanteador e misterioso. A partir daqui, a história que Lua criava para si mesma foge do seu controle.

Carol soube utilizar muito bem os personagens secundários da história e por muitas vezes eles dão aquela roubada de cena, sendo os amigos da Lua quando surtam com ela por umas ações que ela não tomou ou pelo amigo do Matteo que fica louco com ele. Já viu que vai ter muita loucura aqui. Mas sem dúvida, Roberta precisa de uma história só sua. Entrego nas suas mãos autora!

Mapas Do Acaso; Carol Lima; resenha; foto da capa do livro digital

Carol bebe muito das referências usadas nas comedias românticas literárias e nos filmes, mas não torça o nariz ainda. Aqui o clichê da história tem uma dosagem certa para conquistar o leitor.

Após terminar a leitura, fiquei pensando que se “Mapas do Acaso” fosse um roteiro de um filme, ele estaria bem ao lado dos meus filmes de comedia romântica favoritos como “De repente 30”, “Um Lugar Chamado Notting Hill” e “Como Se Fosse a Primeira Vez”. Daqui você já pode tirar uma ideia de quão gostosa é esta história.

No decorrer da leitura você vai se deparar com um mistério que foi inspirado em algo do meio literário e que já rendeu inúmeras teorias imagináveis. Vou comentar só sobre isso aqui.

Um ponto forte que quero destacar é que mesmo sendo um romance, Carol não deixou de dar uma sutil alfinetada em nossa realidade, a trama do livro se passa alguns meses após todo esse surto da pandemia aparecer e após a vacina ter sido lançada (um sonho que parece perto e longe ao mesmo tempo, oh senhor). Acredito que a inserção da pandemia não irá datar a trama.

Mapas Do Acaso; Carol Lima; resenha; foto da capa do livro digital

Um momentinho para ser coruja aqui, estou muito feliz em poder ter lido antecipado a história e por poder acompanhar toda a jornada por trás do nascimento de “Mapas do Acaso”, mais feliz ainda em ver uma grande amiga dando um passo para uma nova jornada em sua vida.

Mas devo lembrar que tudo que está presente nessa resenha é fiel ao que senti durante a leitura, realmente a história é boa meus amigos.

“Mapas do Acaso” está em pré-venda até o dia 31/12 tanto na loja para a compra da edição física (com mimos, amo) da autora (clique aqui para conferir) e também na Amazon para a compra da edição digital (clique aqui para conferir). No site da autora, você encontra uma degustação, o primeiro capítulo do livro, para convencer você a adquirir essa história.
Mapas Do Acaso
Autora: Carol Lima
Publicação Independente
Ano: 2021
Skoob: 5 estrelas / Goodreads: 5 estrelas
Comprar: Amazon
05 Estrelas
Um ano e cinco meses é período que Lua não sai de casa desde decretada a pandemia. Não que ela já saísse com frequência antes de tudo acontecer, mas agora ela precisa pegar um avião lotado para o outro país e participar da FictionCon, a maior convenção literária do mundo, onde seu primeiro livro está entre os finalistas de um concurso.
No momento ela só quer esganar a sua melhor amiga por ter inscrito seu livro sem ela saber, ter convencido ela de embarcar e fazer o possível para não se contaminar ou surtar durante do voo.
O que ela não espera é em uma cidade do tamanho de Nova York esbarrar duas vezes com Matteo, um italiano muito sedutor, e que ele vire seu companheiro de aventuras por três dias nessa viagem que apesar de tudo é a viagem dos seus sonhos.
Entre passeios por museus, cidades apaixonantes e beijos roubados, Lua não imagina que depois desses dias a sua vida vai mudar completamente.
Autoras: Carol Lima nasceu em 1990, mora em Belém do Pará, onde divide a cama com Dory, uma vira-lata cheia de manha. É aquariana e formada em Fisioterapia pela UNAMA. Fala sobre literatura e cultura pop desde 2015 no Pausa para um Capítulo. É também podcaster do Super Literário, Pauta Quente e Pausa Hot. Nos últimos anos, ela cansou de ler e quer escrever seus próprios personagens e fazer outras pessoas suspirarem.

Comente com o Facebook