Resenha: Fique Comigo - Ayobami Adebayo

Se você leu autoras como Chimamanda, precisa ler Fique Comigo da nigeriana Ayobami. Se nunca leu, você precisa ler também.

novembro 19, 2018 - Postado Por: Rafael Lutty
Compartilhe:

Se você leu autoras como Chimamanda, precisa ler Fique Comigo da nigeriana Ayobami. Se nunca leu, você precisa ler também.





Não posso – nem quero – ignorar o fato de que as melhores leituras que fiz este ano, são de autoras nigerianas. E "Fique Comigo" da Ayobami Adebayo não ficou atrás nessa lista. Terminei o livro em menos de dois dias e a leitura foi diretamente inserida nos melhores livros da vida. Acredito que, mais do que o enredo em si, a carga emocional que permeia a escrita, é um dos principais fatores para tornar um livro inesquecível. É a maneira como somos tocados pela história, que torna a experiência da leitura tão marcante. Essa receita é magistralmente executada pela jovem autora nigeriana Ayobami, em seu livro de estreia.



O livro inicia no ano de 2008 e sabemos que o casal que protagoniza esta história não está mais junto. Em seguida, a história volta para 1985 e começamos a conhecer a história de Yejide e Akin, e os motivos que o levaram a uma separação. Apaixonados desde os tempos de universidade, Akin e Yejide formam um casal atípico para a cultura nigeriana de 1980. A poligamia era um costume defendido e incentivado. Para os nigerianos, ter mais esposas significava gerar mais filhos e, deste modo, ter uma prole maior.

Akin e Yejide decidiram, desde o primeiro momento, que seriam suficientes um para o outro, por isso optaram pela monogamia. O sonho de uma vida plena e feliz para ambos, seria concreto não fosse por uma lacuna que ambos consideravam importante demais para ser ignorada: filhos. Após quatro anos de um casamento feliz, Yejide e Akin ainda não haviam sido agraciados com filhos, isso incomodava a família de Akin, ainda mais do que ao próprio casal.

Por isso, certo dia, a mãe de Akin decide visitar a família, trazendo consigo uma jovem que apresenta como a segunda esposa de Akin. Pega de surpresa, Yejide não consegue acreditar que Akin estava ciente e, ao que parece, concordando com toda a situação. Yejide não vê outra maneira de se livrar da nova esposa, que não seja engravidando primeiro, por isso ela inicia uma verdadeira missão para conseguir engravidar.

De maneira resumida, este é plot da história. O que o leitor acompanha é a saga de um casal envolto em segredos que eles acreditam serem necessários para alcançar a felicidade. E o resumo acaba por ser justamente este. É um livro sobre a busca da felicidade e o quanto estamos dispostos a perder, esconder e magoar para alcança-la.



Ultimamente, tenho procurado ler mais livros de autoras negras, e tenho me encantado pela literatura produzida na Nigéria. Conceição Evaristo, renomada autora brasileira, ressalta a importância de se colocar a mulher negra no protagonismo da cena de maneira humanizada. E isso, a Ayobami consegue fazer com muita maestria. Yejide é uma personagem muito humana. Tem suas qualidades e seus defeitos, por isso é tão difícil terminar o livro. O leitor ente como se estivesse abandonando alguém querido, a construção de personagens é tão incrível que não é difícil esquecer que se trata de ficção.

É um livro curto, mas tão intenso que é capaz de tragar o leitor para sua história. Uma edição caprichosa, uma autora ímpar e uma história inesquecível.


Gostaram? que tal aproveitar pra conseguir uma edição com um preço especial? É só clicar na imagem acima e adquirir o seu exemplar!!!
Fique Comigo (Stay with Me)
Autora: Ayobami Adebayo
Editora: HarperCollins Brasil
Ano: 2018
Skoob: 4.3 Estrelas / Goodreads: 4.0 Estrelas
Compre Aqui: Amazon, Saraiva
05 Estrelas
Yejide espera por um milagre: um filho. É o que seu marido deseja, o que sua sogra deseja, e ela já tentou de tudo para engravidar. Mas, quando seus parentes insistem que seu marido receba uma nova esposa, Yejide chega ao limite. Tendo como pano de fundo a turbulência política e social da Nigéria dos anos 1980, Fique comigo relata a fragilidade do amor matrimonial, o rompimento de uma família, o poder do luto e os laços arrebatadores da maternidade. Uma história sobre as tentativas desesperadas que fazemos para salvar a nós mesmos, e a quem amamos, do sofrimento.
Autora: Ayobami Adebayo é uma escritora nigeriana. As histórias de Ayobami Adebayo apareceram em várias revistas e antologias, e uma delas foi altamente elogiada na competição de contos da Commonwealth de 2009. Possui bacharelado e mestrado em Literature in English pela Obafemi Awolowo University, Ife. Além de mestrado em escrita criativa da Universidade de East Anglia, onde foi premiada com uma bolsa internacional de escrita criativa. Ayobami recebeu bolsas e residências da Ledig House, Hedgebrook, Threads, Ebedi Hills e Ox-Bow.

Comente com o Facebook