Resenha: Doce Lar - Tillie Cole

Uma história sobre descobertas, sobre aprender o verdadeiro significado de lar e descobrir que o passado não pode nos impedir de seguir em frente.

agosto 14, 2018 - Postado Por: Rosane Santos
Compartilhe:

Uma história sobre descobertas, sobre aprender o verdadeiro significado de lar e descobrir que o passado não pode nos impedir de seguir em frente.




Doce Lar, com narrativa em primeira pessoa, traz a história de Molly, que é uma garota que apesar da pouca idade já teve uma grande carga de sofrimento, veio de uma família humilde, perdeu os pais e a avó, que era a única família que lhe restava, muito cedo, teve que aprender a ser independente e encarou os estudos como sua salvação, tendo se formado mais cedo na faculdade e começando o mestrado aos 20 anos de idade.

Toda essa experiência fez com que Molly acabasse se tornando uma pessoa fechada, cuja vida girava apenas em torno de seus estudos, não tinha muitos amigos e nunca teve um relacionamento de verdade.

Leia a resenha do livro "Mil Beijos de Garoto", um dos títulos de Tillie Cole publicado no Brasil

Sua vida mudou totalmente quando ela saiu da Inglaterra para estudar nos Estados Unidos, na Universidade do Alabama. Sendo assim, ela se viu em uma experiência completamente nova, um novo país, uma nova chance de recomeçar sua vida, fazendo coisas que nunca imaginou.



A partir do momento em que Molly conhece Romeo tudo se transforma e é como se um fosse justamente o que o outro precisava. Romeo é o típico bad boy, revoltado e que conquista o coração de todas as garotas, é o quarterback do time de futebol americano da faculdade, nacionalmente conhecido como um dos melhores jogadores e filho de uma grande empresário do ramo de petróleo, é o oposto exato de Molly.

É inegável o clichê de toda a história: a garota nerd que conquista o coração do cara mais cobiçado de todos, opostos que se atraem e precisam enfrentar todos as barreiras relacionadas aos preconceitos em relação a diferença de classes sociais para viverem seu grande amor.

Molly se vê imediatamente atraída por Romeo, por seu ar de misterioso, não se importando com todo o status que ele possui e ela acaba fazendo com que ele se abra mais e mostre um lado desconhecido pela maioria, e ele pode sim ser um cara carinhoso, que está disposto a lutar pelo amor dos dois.

“Molly, um lar não é um lugar. Não é um país, uma cidade, uma casa nem um pertence. Lar é estar com a outra metade de sua alma, com a pessoa que compartilha seu pesar e te ajuda a levar o peso da perda. O lar está na pessoa que, apesar de todas as coisas, nunca desiste de você e te traz felicidade eterna. Isso, Molly, querida, é seu lar doce lar [...]”

Doce Lar é uma espécie de releitura de Romeu e Julieta de Shakespeare, uma versão para maiores, como um dos próprios personagens destaca. Há a referência ao nome dos personagens, a interferência da família que vai fazer de tudo para acabar com o relacionamento e em diversos momentos há passagens relacionadas aos amantes desditados.



É um romance young adult e tem bastante cenas hots, que a autora soube trabalhar bem, não ficou sendo o foco principal da narrativa, ela focou mesmo nas relações dos dramas, especialmente do drama familiar que envolve o Romeo e que me surpreendeu bastante por ter uma revelação que eu não esperava e o desenrolar é bem intenso e triste.

No geral, é uma leitura rápida, um clichêzinho que também traz algumas surpresas e apesar de não ser o gênero literário que leio com mais frequência me agradou bastante. Tillie nos proporciona uma narrativa bastante fluída e mostra bem o desenvolvimento dos personagens.

Uma coisa que me incomodou um tanto é que eu tenho cisma com personagem que se apaixona e faz praticamente tudo o que o parceiro quer, e apesar da Molly fazer bastante isso ela acaba também mostrando sua independência e se impondo quando precisa, mas esperava um pouco mais dela.

Pelo que vi até o momento, a continuação da série tratará sobre outros personagens e não é uma continuação da história de Molly e Romeo, que teve um final satisfatório, não deixando um gancho importante para uma continuação.


Se interessou? Que tal adquirir um exemplar do livro clicando na imagem acima?
Doce Lar (Sweet Home)
Volume #1, Série Sweet Home
Autora: Tillie Cole
Selo Essência (Editora Planeta de Livros)
Ano: 2018
Skoob: 3.8 Estrelas / Goodreads: 4.0 Estrelas
Compre Aqui: Amazon, Saraiva
04 Estrelas
Primeiro livro da série de maior sucesso da autora de Mil Beijos de Garoto. Aos vinte anos, Molly Shakespeare acha que já sabe de tudo. Ela leu Descartes e Kant. Ela estudou em Oxford. Ela sabe que as pessoas que te amam também te deixam. Mas quando Molly se muda da cinzenta Inglaterra para começar uma nova vida nos Estados Unidos, ela descobre que ainda tem muito a aprender. No Alabama os verões são mais quentes, as pessoas mais intimidantes e os alunos de sua nova escola muito mais viciados em futebol. Após conhecer o famoso quarterback Romeo Prince, Molly só consegue pensar em seus olhos castanhos, cabelos loiros, físico perfeito... e em como sua vida tranquila e solitária parece estar a ponto de mudar drasticamente.
Autora: Tillie Cole nasceu em Teesside, na Grã-Bretanha, filha de uma mãe inglesa e um pai escocês. Graduada na Universidade de Newcastle, ela foi professora por sete anos antes de se mudar com o marido para o Canadá. Escreve romances contemporâneos – como sua série de maior sucesso, Sweet. Mil Beijos de Garoto é sua estreia no gênero jovem adulto.

Comente com o Facebook