Resenha: Nada a Perder - Jeff Lemire

Uma história que mostra, que sempre haverá algo que possamos perder, mesmo quando estamos no fundo do poço

junho 26, 2018 - Postado Por: Redação SOODA
Compartilhe:

Uma história que mostra, que sempre haverá algo que possamos perder, mesmo quando estamos no fundo do poço




Existem momentos em nossas vidas, que parece que tudo dá errado. Foi o vestibular que não fomos aprovados, aquele emprego que não conseguimos, a nossa família em pé de guerra, nossos planos que insistem a nos frustar. Quando essa avalanche de problemas resolve chegar, às vezes pensamos: "Eu não tenho nada a perder mesmo!!!". E junto com esse pensamento, às vezes vem umas merdas bem grande, que resolvemos fazer. Acreditem, sempre haverá algo a perder com as nossas más escolhas. E é simplesmente isso que Derek Ouellete acaba aprendendo, em "Nada a Perder".

O cara já foi um importante jogador de Hóquei, e com isso ele acabou conquistando bastante fama. Mas o seu comportamento arisco, o fez ele se afastar desse mundo. Agora, ele é um bêbado com fortes tendências agressivas, tanto que em um dos primeiros quadros da história, ele soca a cara de um rapaz que só queria tirar uma foto com ele (Tá, o cara é um chato, mas não precisava tanto).

Conforme a história vai se desenrolando, Derek se afunda cada vez mais em seus problemas, imaginando que não tem mais nada a perder em sua frustrante vida. Porém, a sua irmã retorna para a vida dele, depois de muitos anos. E o rapaz percebe que ele não pode ser o mesmo, precisa se concentrar em ser uma pessoa melhor para poder ajudar a jovem que está passando por problemas sérios.



O AZUL QUE DOMINA: A Graphic Novel tem como cor predominantemente o azul. O azul da tristeza, o azul do frio, o azul da escuridão. São as cores que dominam a vida de Derek e a sua irmã. E por vezes essa tonalidade muda e se torna mais colorido, especialmente em momentos de flashbacks da vida dos dois irmãos. Em alguns momentos a cor vermelha entra em evidência para mostrar o quanto a violência toma conta de Derek, e claro tudo possui uma explicação.

Ao longo da história também conhecemos a vida pregressa de Derek. Ele como um jogador de sucesso, que possuía uma vida feliz, porém que continha abusos em sua vida. Mostra que a roda da vida dele foi difícil e as motivações que o tornaram daquele jeito. É um momento de refletir sobre nossas atitudes com os jovens dos dias de hoje, para que comportamentos não se repercutam para outras gerações. Jeff Lemire mostra a crueldade de determinadas pessoas como um choque de realidade, mas que mesmo nos piores momentos, devemos nos apegar as coisas boas, os momentos felizes.



PRECISAMOS PENSAR SOBRE O OUTRO: "Nada a Perder" acaba se tornando uma história antítese do seu titulo, pois ela mostra, por meio de muitas metáforas, e às vezes em linhas diretas mesmo, que os seres humanos tem um passado, que impactam no seu presente, mas que o futuro, vai depender de nossas construções, e do que estamos dispostos a fazer para que o ciclo da violência se encerre de alguma forma.



INTERESSADO NESSA GRAPHIC NOVEL? CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E COMPRE A SUA E RECEBA EM CASA
Nada a Perder (Roughneck)
Autor: Jeff Lemire
Editora: Nemo (Grupo Autêntica)
Ano: 2018
Skoob: 4.3 Estrelas / Goodreads: 4.13 Estrelas
Compre Aqui: Amazon
05 Estrelas
Derek Ouelette costumava ser alguém. Promessa do hóquei, ele agora nada mais é do que a sombra do ídolo que um dia poderia ter sido. Um bêbado, sacana, violento, leva uma vida esquecida por todos em uma vila esquecida por todos. Um dia, no entanto, algo invade sua história e o coloca diante de uma escolha impossível. Uma escolha que só pode ser feita por um homem que não tem nada a perder.
Autor: Jeff Lemire é um premiado quadrinista das elogiadas Graphic Novels, "Condado de Essesx", "O Soldador Subaquático" e roterista de HQ´s como Velho Logan, Black Hammer, Sweet Tooth, entre outros.

Comente com o Facebook