Lançamento: Diário de Myriam Rawick

Darkside Books lança o livro, de uma garotinha que vivencia diariamente a Guerra da Síria

junho 29, 2018 - Postado Por: Redação SOODA
Compartilhe:

Darkside Books lança o livro, de uma garotinha que vivencia diariamente a Guerra da Síria




“Estamos em uma prisão e não sabemos como vamos sair, e mesmo assim, tínhamos que ir à escola”. Essa foi somente uma das anotações de Myriam que Phillipe Lobjois, jornalista francês, se emocionou ao ler, percebendo que ali existia o potencial de uma grande história que precisava ser contada ao mundo. E assim conhecemos as memórias de Myriam Rawick, uma jovem de 13 anos que vivencia a Guerra da Síria todos os dias.

E essa obra atravessou o oceano e agora chega o Brasil, com o lançamento da Editora Darkside Books, “O Diário de Myriam Rawick”, que aconteceu no último dia 28/06 na Blooks Livraria, com a presença de Phillipe Lobjois.

O jornalista francês conta que em 2016 decidiu ir até Alepo, cidade onde existia um cerco muito forte dos islamistas extremistas. Era um local com muita desinformação, e que agora era fortemente bombardeada pelos russos. Ele acreditava que encontraria muitas histórias e informações que mereciam ser compartilhadas. E foi exatamente isso que ele achou.



“As pessoas naquela cidade estavam sofrendo há 4 anos” conta Phillipe que afirma ter se deparado com uma cidade em ruínas tomada pela fome e medo. Lá ele começou o seu trabalho pelos hospitais, até que encontrou um grupo de voluntários de cristãos e assim ele conheceu a mãe da Myriam, uma senhora que estava disposta a falar. E mais tarde ele teve a oportunidade de conhecer a jovem, que estava disposta a escrever.

Na verdade, incentivada pela mãe, Myriam escrevia, desde os 6 anos de idade. Durante uma época da vida, a jovem não teve estrutura psicológica para continuar, mas Phillipe incentivou a jovem a continuar e a orientou. E desses escritos nasceu o Diário de Myriam.

A história da jovem, é um relato de milhões de pessoas que sofrem com a Guerra da Síria. Acredita-se que hoje, são mais de 400 mil mortos e 14 milhões de refugiados. Essa é uma das guerras mais violentas já ocorridas, desde a segunda Grande Guerra.



Durante o bate – papo, Phillipe Lobjois, que também já fez a cobertura de outras guerras, como a do Afeganistão, relata as várias nuances desse movimento, onde insere-se o contexto de uma ordem mundial que reascendeu, depois dos atentados de 11/09, e a chamada Primavera Arábe, que foi um levante de vários países do Oriente Médio que lutavam pela democracia.

E nesse contexto o Diário de Myriam, acaba dando a cara para as consequências da guerra Síria que atingiu civis que queriam apenas continuar vivendo suas vidas sem que o medo de morrer, não os atingisse todos os dias.

O jornalista Phillipe Lobjois ainda lançará o livro em mais duas cidades no Brasil: Nos dias 29 e 30 de junho, ele estará na Feira Literária, de Araxá (MG). E no dia 03/07, no Museu do Amanhã, na cidade do Rio de Janeiro.

ADQUIRA SEU LIVRO, CLICANDO NA IMAGEM ABAIXO

Comente com o Facebook