Resenha: Prazeres Sombrios - Kresley Cole

Uma historia entre dois corações frios que ganharam muito mais que o calor da vida

abril 11, 2018 - Postado Por: Redação SOODA
Compartilhe:

Uma historia entre dois corações frios que ganharam muito mais que o calor da vida




Oi gente... olha eu(Anne Magno) novamente aqui no Sooda!

E a pergunta de hoje é: Vocês não adoram quando os autores surpreendem vocês de forma totalmente inesperada em um livro de série? Pois é... eu amo ser surpreendida! E com a Kresley Cole é assim desde o primeiro livro que li dela. Prazeres Sombrios é o segundo livro da autora pela editora Valentina, e não deixou você se recuperar do fôlego que foi o primeiro livro, e agora você é jogado aos leões em meio a uma disputa onde o prêmio equivale a salvar as vidas de pessoas que você ama.

Neste livro a autora vem te apresentar uma personagem que de certa forma acabou se destacando no primeiro livro e ela se chama: Kaderin. Em meio ao clã de Valquirias é regra que cada uma delas tenha um nome e uma titulação meio lírica. E no caso dessa valquíria em especial, temos Kaderin Coração Gelado. Ela ficou conhecida assim após ser abençoada com a capacidade de não sentir nada, não fraquejar e não hesitar. Ela é muito letal em meio a eterna luta contra os vampiros que se matam humanos. E na concepção dela isso é uma bênção, ela segue sua vida imortal com sua fiel parceira, uma espada feita de material único, capaz de matar seres diversos.



Acontece que para o resto do clã dela, essa bênção de Kaderin na verdade se trata de uma maldição. Na qual as valquírias temem a irmã de espada e luta, então é meio que comum as demais fazerem planos, como aniversários e casamentos e não lembrarem de convidar Kaderin. Admito que fiquei meio p da vida com o bullying que as demais valquírias fazem com a coração gelado.

E isso não incomoda muito Kaderin, pois como eu disso, ela nada sente. Certo dia, quando uma aldeia europeia chama por seu suporte para matar um vampiro ermitão que assombra um castelo decadente e medieval, ela vê a oportunidade de fazer o que mais gosta: matar um vampiro sanguinário. Mas... ao chegar ao castelo, ela se depara com um vampiro que só quer morrer, e oferece o pescoço para que ela acabe com o sofrimento dele. Nem preciso dizer que isso chamou a atenção dela de jeito... e junte ao fato dele não ter olhos vermelhos, que era uma prova de que ele não matava pessoas, pois se matasse seus olhos se tornariam vermelhos.

Em meio a uma conversa bem inusitada eles escutam barulhos estranhos, que inicialmente acreditam ser de trovões, mas na verdade depois descobrem que é o coração dele que voltou a bater, e isso só quer dizer uma coisa, e ambos se assustam ao perceber que o vampiro enfim encontrou a sua noiva. A mulher responsável por fazer ele voltar a sentir o mundo. E como a autora não é besta nem nada... adivinha quem começou a sentir novamente emoções? Isso mesmo... Kaderin.

Ao constatar que na verdade ela é sua noiva, e que as histórias que ouviu de seus irmãos há muito tempo sobre mulheres que possuíam a habilidade de os fazer sentir novamente, Sebastian (eu amo esse nome) então enfim arranja um motivo para permanecer vivo.



Acontece que apesar do que se passou entre eles ao descobrirem isso, Kaderin entra em modo de negação, e acaba deixando o vampiro vivo, no castelo e fugindo para o sol. Só que Sebastian, ou Bastian como ela passa a chamar ele, não se intimida com o sol e corre atrás dela, mesmo entrando em combustão depois de alguns minutos de exposição.

Como já imaginado ele não consegue muita coisa correndo no sol atrás dela, então resolve tomar outras medidas. Em seu tempo vivo, ele era o irmão mais novo de um clã de guerreiros talhados para a guerra. E ele era um excelente guerreiro e estrategista, então começa a usar essas habilidades, que estavam adormecidas, para montar um plano para conseguir Kaderin de volta.

Inicialmente o plano é bem frustrante, pois ele vai atrás de ajuda na aldeia e não encontra ninguém, pois ela fez todos saírem da aldeia para ninguém dizer nada para ele. E então ele decide ir se alimentar direito, corre atrás de seus tesouros para passar a se vestir melhor e cuidar de si, para então tentar novamente ir atrás de Katja (apelido carinhoso para Kaderin que ele colocou).



Eis que ele consegue o que nenhum vampiro conseguiu até hoje, pois vampiros normalmente só conseguem se transportar para lugares onde já esteve ou visualizou, e Sebastian descobre que o mesmo princípio da física que permite ele entender como se teletransportar pode ser aplicado para ir atrás de pessoas que ele já viu. E assim ele se transporta diretamente para Kaderin depois de muito se concentrar no rosto dela.

Só que ela está no palácio da deusa da impossibilidade e também estão lá vários outros sobrenaturais, e todos aguardam as instruções de como acontecerá a corrida do talismã, que acontece todos os anos, e que Kaderin é campeã convicta há vários destes anos. E mesmo ela tendo ciência dele ali, quando ele consegue se materializar no palácio, e sabendo que ele é um indesejado no ambiente, ela continua em negação. E nem preciso dizer que ele fica frustrado.

Mas ainda com esse sentimento Sebastian consegue manter a mente astuta no lugar, e passa a escutar as conversas dos seres presentes no palácio para começar a conhecer melhor Katja. E então a deusa da impossibilidade descreve quais serão as tarefas e enfim o prêmio. E Kaderin vai usar tudo contra todos para conseguir o prêmio que sempre desejou. Mesmo que isso signifique desafiar seus instintos e machucar Sebastian.



Acontece que para ficar perto de Kaderin o vampiro se inscreve na corrida, mas ao contrário de todos ele está de olho no prêmio para poder oferecer a Kaderin e ter ela para ele como sua noiva guerreira. Então querendo ou não eles se tornam rivais na caçada... e no decorrer do livro vamos acompanhar as desventuras do casal para conseguir o prêmio, e talvez, só talvez, ganhar o prêmio venha a ser uma realidade cheia de bônus positivos entre eles.

A história de como Sebastian vai conseguindo conquistar o coração gelado de Kaderin é incrível. Eu amei cada detalhe brutal da corrida, assim como em certa parte da corrida fiquei torcendo para outro competidor que também merecia o prêmio.

Esta foi com certeza uma leitura que me deixou sem fôlego, mas ainda assim fica a nova pergunta: Editora Valentina, quando saí o próximo livro, por favor?

Espero que todos tenham gostado da resenha... e até o próximo post.

Resenhado por: Anne Magno (Garota Pai D'égua)


Ficaram interessados? Adquira o livro clicando na capa acima, e ajude esse lindo blog a crescer!
Prazeres Sombrios (No Rest for the Wicked)
Volume #2, Série Imortais
Autora: Kresley Cole
Editora: Valentina
Ano: 2018
Skoob: 4.1 Estrelas / Goodreads: 4.3 Estrelas
Compre Aqui: Amazon
05 Estrelas
Um soldado vampiro cansado de viver... Sebastian Wroth foi transformado em vampiro contra a própria vontade. Solitário e marcado por um ódio profundo, vê pouco sentido em continuar vivo. Até que uma magnífica criatura, com aparência de fada, surge para matá-lo e acaba, inadvertidamente, salvando-o. Uma Valquíria cuja missão é exterminar vampiros... Kaderin Coração Gelado viu duas irmãs serem mortas por um vampiro no campo de batalha. Uma bênção a privou do luto, de todas as dores, e extinguiu suas emoções. Contudo, ao conhecer Sebastian, a luxúria domina seu ser e, pela primeira vez, ela se vê incapaz de eliminar um inimigo. Competidores numa caçada lendária... Na Corrida do Talismã, o prêmio é extremamente poderoso: um artefato que poderá fazer com que Kaderin modifique o passado e o destino das irmãs. Sebastian também entrará na competição, mas para conquistar o amor de Kaderin. E agora? O que ela escolherá: A paixão pelo vampiro ou sua família de volta?
Autora: Kresley Cole formou-se em letras pela Universidade da Flórida e passou dois anos na biblioteca da famosa instituição fazendo pesquisas sobre mitos ancestrais e recolhendo material para seus livros. Desejo Insaciável, o primeiro romance da série Imortais, vencedor do prêmio RITA na categoria Paranormal Romance, foi capa da Romantic Times Magazine.

Comente com o Facebook