Resenha: A Lady de Lyon - Julie Garwood

O romance que vai te surpreender como nenhum outro

abril 20, 2018 - Postado Por: Ayleen De Paula
Compartilhe:

O romance que vai te surpreender como nenhum outro


capa Resenha A Lady de Lyon, A Lady de Lyon Julie Garwood, Resenha Julie Garwood

Quando comecei a ler “A Lady de Lyon”, fiquei um pouco confusa com o início da história. Na verdade, não estava esperando algo tão diferente de tudo o que vi até hoje em romances de época. O primeiro capítulo nos apresenta a tribo Dakota, mostrando aos poucos os seus diferentes costumes, assim como os nomes dos personagens serem referentes a animais, a crença religiosa no Grande Espirito guiada pelas visões do Xamã da tribo, os relacionamentos familiares e conjugais, que diferem ao máximo dos costumes da Inglaterra.

Esses costumes vão influenciar muito na personalidade da nossa protagonista, que além desse diferencial em relação às mocinhas que nos são apresentadas, na maioria das vezes, neste gênero, trás ainda todo um mistério em volta da sua história. Como uma criança branca e inglesa foi parar no meio de uma tribo com hábitos tão incomuns? Quais os segredos que Cristina esconde a sete chaves do nosso mocinho?

Todos esses mistérios serão instigados no começo de cada capitulo, onde veremos as anotações do diário da mãe de Cristina, contando tudo o que ela passou, e aos poucos, a gente vai descobrindo o que realmente aconteceu e desvendando todos os mistérios.

capa Resenha A Lady de Lyon, A Lady de Lyon Julie Garwood, Resenha Julie Garwood

Particularmente, achei a decisão da autora de nos envolver com os mistérios no inicio de cada capitulo, simplesmente espetacular. Não via a hora de chegar ao próximo para descobrir o que estava acontecendo, de modo que a leitura fluiu tão rapidamente, que até eu fiquei surpresa, afinal, este é um livro BEM grosso.

Criada pela tribo Dakota, Cristina cresceu de forma diferente do resto da sociedade londrina. Após uma promessa feita a sua mãe pela mulher que a criou, Cristina sabe que terá que voltar a Londres, para assumir o seu lugar como herdeira do avô já falecido. Entretanto, inúmeros podem ser os obstáculos, e os pais adotivos foram prevenidos pela mãe antes de morrer, que Cristina deveria ser uma mulher forte e independente para que possa sobreviver em meio à adversidade de seu retorno.

Quando, enfim, chegou a Londres, causou o maior alvoroço, pois não se sabia nada a seu respeito, apenas que era a filha perdida de um antigo príncipe. Seu passado misterioso e sua personalidade marcante chamou atenção de Lyon, que jurou nunca mais se envolver por amor. A partir daí, vamos acompanhando as frustrantes investidas do nosso mocinho, na busca de saber um pouco mais sobre essa mulher tão misteriosa e principalmente, em fisga-la para si.

capa Resenha A Lady de Lyon, A Lady de Lyon Julie Garwood, Resenha Julie Garwood

Acontece, que Cristina, por mais que se sentisse atraída por Lyon, não deixava o muro cair. Nosso protagonista teve muito trabalho para conseguir informações valiosas e esclarecedoras a seu respeito, e frustração maior ainda, ao se dar conta de que estava envolvido por ela, depois de lhe roubar um beijo ousado e sensual. O arrogante Marquês tentou de todas as formas fazer de Cristina uma mulher submissa, mas descobriu que por baixo de toda aquela aparência de mulher perfeita da sociedade, batia um coração selvagem e indomável.

O ponto forte dessa história não está focado apenas no romance, mas também no mistério que ronda a vida de Cristina. Quem ela é? De onde veio? Quem é seu pai e onde ele está? Mas principalmente, quais os mistérios que estão guardados no diário que sua mãe lhe deixou? Esses são alguns de muitos questionamentos que o próprio Marquês se faz e tenta descobrir.

capa Resenha A Lady de Lyon, A Lady de Lyon Julie Garwood, Resenha Julie Garwood

Ai gente, amo romance misturado com mistério. Adorei essa história pelo fator surpresa, nunca imaginei que leria um romance de época envolvendo uma tribo selvagem, uma protagonista tão segura e independente, com costumes tão diferentes das mocinhas londrinas. A escrita da autora é simplesmente maravilhosa, a edição da editora facilitou a fluidez da leitura e claro, o casal tem a maioooor química!

Dei altas risadas com algumas cenas icônicas do casal, assim como fiquei bem curiosa para desvendar os segredos da trama. A protagonista é lacradora, põem o arrogante Lyon no chinelo, bem como este tem um carisma marcante, pois apesar de toda capa de durão, ele sempre estava preocupado e cuidando de Cristina, mesmo que ele mesmo não admitisse isso.

A única coisa que me desagradou nesse livro (o que vem me desagradando em muitos romances de época ultimamente) é que o final foi muito corrido. Nossa, fiquei muito chateada com isso. Gostaria de ter visto um final mais elaborado em relação ao vilão (ã), e também queria ter visto um pouco mais da tribo Dakota. Já mencionei que achei genial essa ideia da autora de colocar uma tribo, e fazer criticas gritantes comparando-a a sociedade londrina mais “civilizada”, porém menos verdadeira? Foi perfeito.

capa Resenha A Lady de Lyon, A Lady de Lyon Julie Garwood, Resenha Julie Garwood

Enfim, resumindo, apesar de alguns pontos que eu acho que poderiam melhorar, não diminuiu o quanto gostei desse livro. Quero ler todas as publicações da Julie Garwood, afinal, ela vem me surpreendendo em cada leitura.


Ficaram interessados? Adquira o livro clicando na capa acima, e ajude esse lindo blog a crescer!
A Lady de Lyon (The Lion's Lady)
Volume #1, Série Crown's Spies
Autora: Julie Garwood
Editora: Universo dos Livros
Ano: 2018
Skoob: 4.3 Estrelas / Goodreads: 4.1 Estrelas
Compre Aqui: Amazon, Saraiva, Submarino
4.5 Estrelas
Christina Bennett causou furor na sociedade londrina. A arrebatadora beldade esconde com sucesso o segredo de seu misterioso passado até a noite em que Lyon, o Marquês de Lyonwood, rouba-lhe um beijo ousado e sensual. O arrogante aristocrata com coração de pirata prova o gosto do fogo selvagem que arde por baixo do charme indiferente de Christina e anseia por possuí-la intensamente. Mas a destemida e insolente Christina não será conquistada com tanta facilidade. Dona do próprio coração e de sua fortuna, ela resiste às sensuais carícias de Lyon. Ela se atreve a não se render ao seu amor... pois, se o fizer, também terá que abrir mão de seu precioso segredo... e de seu destino prometido!
Autora: Julie Garwood é uma das escritoras que os Norte-Americanos mais apreciam e acarinham. A sua reputação de excelente contadora de histórias baseia-se na capacidade para criar narrativas com personagens cativantes, emoções fortes e enredos com reviravoltas surpreendentes. Os seus leitores dizem que é o humor, bem como a força das suas histórias, que os entretém e os faz rir e chorar.Tem três filhos e vive com o marido em Lenwood, Kansas.

Comente com o Facebook