Resenha: Preciso Saber - Karen Clevelend (Prova Antecipada)

Um thriller que coloca em perspectiva a lealdade de uma agente da CIA, a sua família ou ao seu país. Qual será a escolha dela?

março 22, 2018 - Postado Por: Redação SOODA
Compartilhe:

Um thriller que coloca em perspectiva a lealdade de uma agente da CIA, a sua família ou ao seu país. Qual será a escolha dela?




2017 foi um ano atribulado para os Estados Unidos, especialmente porque as agências de inteligência norte-americanas (CIA e FBI) colocaram em cheque a celeridade das eleições ocorridas em 2016 e a influência da espionagem russa sobre a vitória de Donald Trump. Algo que seria impensável nos dias de hoje, mostra que o trabalho de espionagem russa está a todo vapor para os interesses de Vladrmir Puttin. Alias, até aonde a ascensão do conservadorismo em todo o mundo tem influências da antiga União Soviética? (Entenda mais sobre o caso de espionagem da Russia nos Estados Unidos).

Espionagem, ou teoria da conspiração, o fato é, que a vilania russa sempre tem sido o mote para histórias de ficção, desde da Guerra Fria, até os dias de hoje. E também se tornou o enredo propulsor da história de Karen Clevenlend, uma ex-agente da CIA, que usou a ficção para despejar um pouco de sua experiência nesse universo, e assim surgiu Preciso Saber, história que chegou no Brasil no inicio de fevereiro, e que já foi vendida para o Studio Universal que promete um filme protagonizado pela atual dama da ação, Charlize Theron.

Na história, Vivian Miller é uma agente de Contra Inteligência da CIA, trabalhando com a conta da Rússia. Um dos seus últimos trabalhos foi o desenvolvimento de um algorítimo capaz de invadir computadores e assim descobrir prováveis espiões adormecidos, nos Estados Unidos. Nesse trabalho intenso, ela acaba conseguindo invadir o sistema e descobre uma pasta com a foto de 5 desses espiões. É aí que mora o problema. Um deles é o seu marido, o qual ela constituiu uma vida e família por mais de 10 anos. Agora, nessa trama intensa, Miller terá que enfrentar a lealdade pelo seu povo, ou por sua família. Porém, suas escolhas acabam empurrando-a mais fundo, e talvez seja impossível voltar ao que era antes.

CIA DO SÉCULO XXI

Esqueçam o glamour do trabalho de espionagem, a qual foi pintada durante muitos anos a todos nós. Karen nos mostra que entre a realidade e a ficção existem diferenças gritantes. Primeiro, quem trabalha na CIA hoje está mais próximos de ser um burocrata do governo, do que aquela fantasia de procurar os espiões na rua, tiro, porrada e bomba. Nada disso, normalmente, funcionários da CIA são pessoas comuns com problemas comuns (ou quase), que precisam fazer escolhas do dia-a-dia. Como por exemplo, escolher entre ir trabalhar, ou ficar em casa, cuidando do filho doente.



Além disso, é colocado em cheque os desvios de comportamento e corrupção no órgão. Algo que veio à discussão recentemente, com a nova diretora da CIA, que já foi denunciada por situações escusas dentro do órgão, mostrando que a autora usou muito de sua experiência para escrever essa história.

DEFENDER A FAMÍLIA OU O SEU PAÍS?

Uma das maiores discussões nessa história é justamente nesse aspecto. Vivian tem uma "família linda" com quatro filhos e o seu "adorável marido". Ao confronta-lo, ela realmente acredita nele, o que prejudica bastante as suas escolhas e carreira, e a todo o tempo a história coloca o leitor em perspectiva se vale mais defender o seu ambiente familiar, ou as pessoas do seu país. É complicado ver, que pessoas que mais se devia confiar, sejam as mais traiçoeiras, o que coloca-nos a uma análise: Quem está falando a verdade?

O pior, é quando se tenta sair desse status de falta de confiança, porém somos imersos a mais desconfianças que a história proporciona. E aí começam as teorias de conspirações, do que realmente está acontecendo, até que somos espancados por um final inesperado em vários aspectos.

Chegar ao final de Preciso Saber é ter ciência de que por mais que nós seres humanos sejamos capazes e saibamos todas as regras do jogo, é provável que nossa visão se torne turva em vários momentos, então para sair desse status, é necessário mais do que inteligência emocional, mas instinto, para enfrentar tudo que vem pela frente sem ter medo de errar, ou voltar atras.


Ficaram interessados? Adquira o livro clicando na imagem acima, e ajude esse lindo blog a crescer!
Preciso Saber (Need to Know)
Autora: Karen Clevelend
Editora: Editora Planeta de Livros
Ano: 2018
Skoob: 4.3 Estrelas / Goodreads: 3,98 Estrelas
Compre Aqui: Amazon
04 Estrelas
Vivian Miller é uma agente do departamento de contra inteligência da CIA, e sua tarefa é desvendar células infiltradas de inimigos russos em solo americano. A dedicada analista está muito próxima de receber a tão esperada promoção, depois de desenvolver um método revolucionário para ajudar na identificação de agentes secretos da Rússia. Ao conseguir acesso ao computador de um potencial agente russo, Vivian descobre uma pasta de conteúdo altamente confidencial: os inimigos estariam, de fato, vivendo em pleno solo dos Estados Unidos, passando-se por cidadãos comuns. Clique após clique, no entanto, Vivian se depara com uma verdade de consequências avassaladoras, capaz de colocar em xeque tudo o que ela mais ama. Entre a promessa de defender seu país e o desejo de proteger sua família, Vivian é uma mulher dividida. Terá, enfim, de decidir entre a lealdade e o amor? E, diante de uma escolha como essa, em quem ela pode confiar? “Fantástico.” – John Grisham “Magnífico.” – Lee Child “De tirar o fôlego e acelerar o coração.” ¬ – Louise Penny “Uma leitura de ritmo veloz, implacavelmente cativante.” – Chris Pavone
Autora: Karen Clevelend é uma ex-agente da CIA. Possui dois mestrados, sendo um deles em Havard.

Comente com o Facebook