Resenha: Contos de A Fúria e a Aurora - Renée Ahdieh

Três contos complementam o universo de A Fúria e a Aurora, criado por Renée Ahdieh e baseado na principal obra da literatura oriental: As Mil e Uma Noites

novembro 17, 2017 - Postado Por: Redação SOODA
Compartilhe:

Três contos complementam o universo de A Fúria e a Aurora, criado por Renée Ahdieh e baseado na principal obra da literatura oriental: As Mil e Uma Noites




Quando obras arrebatam uma legião de fãs em seus vários livros. Ao chegar ao fim da série, parece que um vazio começa a se instalar na alma. E assim, pessoas que amam aquele universo, começam a pedir para os autores lançarem mais coisas, para acobertar o vazio. Foi assim com Harry Potter, Divergente, The Kiss of Deception. É assim com A Fúria e a Aurora. Livro escrito pela norte-americana, descendência oriental, que resolveu buscar nas raízes de seus ancestrais um plot para apaixonar milhares de pessoas. Então, Mil e Uma Noites, obra que tem autoria desconhecida e foi traduzido pela primeira vez para o ocidente no século XVIII, se tornou a inspiração para o plot de "A Fúria e a Aurora" e a sua continuação, "A Rosa e a Adaga";

A obra de Renée Ahdieh, traz como protagonista Sherezarde, ou somente Shazi, uma jovem de 16 anos que se oferece para casar com Khalid, o califa de Khorasan. O problema é que assim como na história de Mil e Uma Noites, as esposas do jovem califa eram assassinadas até a aurora do dia após o casamento. Ou seja, o que levou a jovem nesse ato insano? Essa resposta eu posso dizer: Vingança. Shazi queria assassinar o jovem Califa, que foi responsável pela morte de sua melhor amiga.

Entretanto, imaginem um seguinte. Khalid já havia assassinado 72 esposas, elas já haviam tentado de tudo para continuar vivas. Nada o deteve. Então, a missão de Shazi teria uma enorme dificuldade. Ela precisaria de mais tempo para pensar. Para isso, deveria durar, pelo menos a primeira noite. E assim fez. Com seu poder de persuasão. A jovem (agora Califa) começou a contar história para Khalid. Dia-após-dia. E um vinculo começa a ser criado nessa realidade. Porém, com muitos pés no chão. E consciente que havia alguma coisa errada em toda essa maracutaia. (Confira a resenha do primeiro livro aqui)



Já o segundo livro e encerramento da série, a autora dá uma expandida em sua história, entregando a nós leitores detalhes sobre aquele povoado. Intrigas, conflitos, jogos de poder que eram constantemente testados. Os leitores, tem de estar preparados. Pois as cenas são dolorosas, apesar do suspiro do amor, que sempre existira. Além disso, a parte fantástica do livro está mais incrustada no segundo livro da série. Muito embebido da propria história de Mil e Uma Noites. (Resenha do segundo livro aqui)

Então eis que chega aquele vazio dos fãs. E para afastar esse vazio e nos preparar de vez para o fim a autora escreve três contos: "A Coroa e a Flecha" e "A Mariposa e a Chama" que são histórias que antecedem o primeiro livro da Duologia; E "O Espelho e o Labirinto" que é um conto que se passa entre o primeiro e o segundo livro da série.



Como os contos são curtos, ele são como uma adaga enfiada em nossos corações: Trazem as dores, a emoção e quando retirados. O alivio que vem acompanhado da cura instantânea daquele vazio. É como se a gente tivessem retornando mais uma vez para aquele universo que nos apaixonou para a gente finalmente se despedir para sempre. Ps: Recomendamos a leitura desse pequeno livro somente ao final da duologia da "Furia e a Aurora", para evitar spoilers desse livros que estão contidos nos contos.

A COROA E A FLECHA

“Não tema o que o Pôr-do-sol pode trazer. Porque onde o sol se põe, ele também nasce" p. 09


No primeiro conto desse livro, o leitor é jogado para alguns momentos antes da chegada de Shazi no castelo. E assim, é possível visualizar as emoções sentidas por Khalid, as primeiras impressões que ele tem sobre ela, e a curiosidade que se imperou em seu coração, em saber que ela estava ali voluntariamente. Essa história acaba deixando mais claro, algumas atitudes do jovem Califa.



O ESPELHO E O LABIRINTO

Num sopro esse conto veio, num sopro ele se foi. Em poucas páginas descobrimos mais detalhes da balburdia em que estava o reino de Khalid, depois dos acontecimentos do primeiro livro. E os preparativos para o que vem pela frente na segunda história.

A MARIPOSA E A CHAMA

“Quando um raio de sol da tarde refletiu na superfície prateada, o reflexo o atraiu para perto dela, como uma mariposa a uma chama" p. 09


O último conto desse livro vem para encerrar de vez essa série em nossas vidas (ou talvez não, quem sabe no futuro). É o momento de conhecer uma outra história de amor. De uma personagem forte, como Shazi: Despina. A empregada petulante, que acabou conquistando boa parte do público com suas tiradas tragi-cômicas. Ela também tem uma história de amor, que descobrimos, entre o final do primeiro livro e o segundo. E nesse conto, conhecemos, como tudo começou.

Como ela foi difícil, um desafio para o jovem. E como isso o fez mudar radicalmente. Uma história que começa fofa, quase um "primeiro amor". Porém, que tem uma tragédia que acaba por aproxima-los cada vez mais. Isso tudo, antes da chegada de Shazi no castelo do Califa, quando tudo irá mudar e "A Fúria e a Aurora" irá começar.



Após finalizar essa história, mais uma vez o coração ficou apertado pedindo um pouco mais (sabe como é fã). E sabe o que aconteceu? Há dois dias atras foi anunciado que a Imagine Entertainment comprou os direitos de A Fúria e a Aurora para o cinema. E assim, poderemos voltar mais uma vez ao universo de Sherazarde. Agora em uma nova mídia. Assim, coração de fã explode de felicidade.  
  COMPRANDO NO LINK DA IMAGEM ACIMA, ALÉM DE UM DESCONTAÇO, VOCÊ AJUDA ESSE BLOG A CRESCER
Contos de A Furia e a Aurora (The Crown & the Arrow, The Moth & the Flame, The Mirror & the Maze)
Autora: Renée Ahdieh
Editora: Globo Alt (Globo Livros)
Ano: 2017
Skoob: 4,2 Estrelas/ 3,79/ 3,99/ 3,83 Estrelas
Compre na Amazon / Compre no Submarino / Compre na Saraiva
04 Estrelas
O que passava pela cabeça de Khalid antes dele conhecer Sherazade e qual foi a sua primeira impressão ao vê-la? O que ele sentiu, tempos depois, já completamente apaixonado por ela, ao ser forçado a se afastar e ver seu palácio destruído? E como Despina se envolveu e se apaixonou pelo capitão da guarda real Jalal al-Khoury? Nesses três contos, Renée Ahdieh retorna ao mundo de As mil e uma noites para dar voz a Khalid e Despina em pontos chave da história, nos envolvendo novamente nesse encantador universo de palácios, desertos e paixões avassaladoras.
Autora: Renee Adieh É autora best seller do New York Times. O seu primeiro livro foi lançado em 2011, e seu maior sucesso foi A Fúria e A Aurora lançado em 2015. Agora em 2017 a autora está lançando Flame and The Mist, história no mundo dos Samurais.

Comente com o Facebook