Resenha: Gigantes Adormecidos - Sylvain Neuvel

Saber sobre vida alienígena pode não ser tão Independence Day assim.

novembro 03, 2017 - Postado Por: Yuri Lima
Compartilhe:

Saber sobre vida alienígena pode não ser tão Independence Day assim.


Resenha Gigantes Adormecidos, Themis Files, Gigantes Adormecidos Sylvain Neuvel, Sylvain Neuvel;

Tudo começou quando o filho de Sylvain Neuvel pediu para o pai montar um robô de brinquedo pra ele. Mas não podia ser qualquer robô, tinha que ser um com uma história, de onde ele veio e o que fez.

Resenha Gigantes Adormecidos, Themis Files, Gigantes Adormecidos Sylvain Neuvel, Sylvain Neuvel;

Assim nasceu a ideia de Gigantes Adormecidos, livro que inicia a série Os Arquivos Têmis, onde uma menina do interior dos EUA um dia cai em um buraco e se vê em cima de uma mão gigante. Anos depois, essa mesma menina, Rose Franklin, se torna física e é convidada para trabalhar na pesquisa da mão.

Resenha Gigantes Adormecidos, Themis Files, Gigantes Adormecidos Sylvain Neuvel, Sylvain Neuvel;

A história é contada de um jeito atípico, mas muito bacana, na forma de entrevistas, pedaços de notícias, documentos, todos colhidos numa espécie de "arquivo confidencial” catalogado por um personagem sem nome que está responsável pela pesquisa sobre a mão e outras partes do robô.

Resenha Gigantes Adormecidos, Themis Files, Gigantes Adormecidos Sylvain Neuvel, Sylvain Neuvel;

E como boa parte da história é contada através de diálogos, o desenvolvimento dos personagens é algo maravilhoso. O personagem sem nome é um dos personagens da literatura mais envolventes que eu já li, e todos os personagens tem personalidades distintas e bem delineadas, fazendo com que o drama humano seja interessante e pertinente. Devido à forma que a história é contada, a leitura é rápida e dinâmica, fazendo com que o livro seja devorado rapidamente.

Resenha Gigantes Adormecidos, Themis Files, Gigantes Adormecidos Sylvain Neuvel, Sylvain Neuvel;

A ficção científica é bem presente até a metade do livro, a partir do qual ela dá mais espaço aos conflitos políticos e humanos que envolvem a descoberta de um robô alienígena de 3000 mil anos em solo americano. E tudo é muito bem traçado, sem qualquer furo na narrativa que eu tenha notado.

Resenha Gigantes Adormecidos, Themis Files, Gigantes Adormecidos Sylvain Neuvel, Sylvain Neuvel;

Gigantes Adormecidos é uma das melhores ficções científicas que eu já li e já considero o canadense como um expoente do gênero. Fiquem ligados para a sequência Deuses Renascidos que não tarda a dar as caras aqui no SOODA.


Ficaram interessados? Adquira o livro clicando na capa acima, e ajude esse lindo blog a crescer!
Resenha Gigantes Adormecidos, Themis Files, Gigantes Adormecidos Sylvain Neuvel, Sylvain Neuvel;
Gigantes Adormecidos (Sleeping Giants)
Volume #1, Série Os Arquivos Têmis
Autor: Sylvain Neuvel
Editora Suma de Letras
Ano: 2017
Skoob: 4.0 Estrelas / Goodreads: 3.8 Estrelas
Compre Aqui
05 Estrelas
Rose passeia de bicicleta pelo bosque perto de casa, quando de repente é engolida por uma cratera no chão. A cena intriga os bombeiros que chegam ao local para resgatá-la: uma menina de onze anos caída na palma de uma gigantesca mão de ferro. Dezessete anos depois, Rose é ph.D em física e a nova responsável por estudar o artefato que encontrou ainda criança. O objeto permanece um mistério, assim como os painéis que cercavam a câmara onde foi deixado. A datação por carbono desafia todas as convenções da ciência e da antropologia, e qualquer teoria razoável é rapidamente descartada. Quando outras partes do enorme corpo começam a surgir em diversos lugares do mundo, a dra. Rose Franklin reúne uma equipe para recuperá-las e montar o que parece ser um robô alienígena gigante quase tão antigo quanto a raça humana. Mas, uma vez montado o quebra-cabeças, ele se transformará em um instrumento para promover a paz ou causar destruição em massa? Parte ficção científica, parte thriller, Gigantes adormecidos é uma história viciante sobre a disputa pelo controle de um poder capaz de engolir todos nós.
Autor: Sylvain Neuvel saiu da escola aos quinze anos. Desde então, foi jornalista, trabalhou em descontaminação do solo, vendeu sorvete na Califórnia e correu o Canadá vendendo móveis. É Ph.D em linguística pela Universidade de Chicago. Foi professor de linguística na Índia e engenheiro de software em Montreal. Também é tradutor juramentado, mas o que queria mesmo era ser astronauta. Gosta de consertar eletrodomésticos, mexer com robótica e é meio obcecado com o Halloween. Também é completamente apaixonado por brinquedos. Como a namorada quer convencê-lo de que tem brinquedos demais, escreve sobre alienígenas e robôs gigantes como desculpa esfarrapada para construir bonecos militares (para o filho, é claro).

Comente com o Facebook