Resenha: Meu Amigo Dahmer - Derf Backderf

Um retrato real sobre a queda de uma pessoa num abismo sem volta.

setembro 04, 2017 - Postado Por: Thyago Costa
Compartilhe:

Um retrato real sobre a queda de uma pessoa num abismo sem volta.


resenha Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; darkside Meu Amigo Dahmer; darkside Derf Backderf; darkside books;

“Conheci Jeff Dahmer na sétima série, quando a garotada das três escolas primárias do distrito foi misturada no caldo de hormônios que era o ginasial. Ele era um ninguém, aquele tímido que vira inválido social quando leva a primeira bordoada da adolescência, que aceita essa sina sem revidar e que se torna praticamente invisível. Passaram meses de aula até eu notar que ele existia e quem notava o Dahmer tinha pouco mais que desprezo por ele.”

Derf Backderf nunca imaginaria que Jeff Dahmer, seu antigo colega de classe, um dia se tornaria um dos mais temidos serial killers do século. Apesar do jeito estranho e recluso do rapaz, Backderf só juntou os fatos depois de descobrir a brutal verdade. Com isso, através de uma história real sobre o passado conturbado de Dahmer, Derf tenta responder a uma alarmante questão: seria possível observar a personalidade crescente de um assassino em uma pessoa antes mesmo dela começar a matar?

resenha Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; darkside Meu Amigo Dahmer; darkside Derf Backderf; darkside books;

Entre 1978 e 1991, Jeff Dahmer assassinou 17 homens e garotos em crimes hediondos, envolvendo estupro, mutilações, necrofilia e canibalismo. Meu Amigo Dahmer narra acontecimentos anteriores e até o primeiro assassinato que Dahmer cometeu. O autor e ilustrador Derf Beckderf nos leva para Bath, Ohio, nos anos 70, para mostrar os problemas de Dahmer. Esses que começavam em casa, em um ambiente hostil cercado pelas brigas constantes dos pais e na depressão angustiante que acompanhava o jovem todos os dias. Na época do ginásio ele era um jovem sem amigos e esquisito, que todos preferiam evitar. As coisas mudaram um pouco no colegial, quando, para tentar conseguir alguma atenção ou novos amigos, Dahmer fingia ataques epiléticos que os colegas julgavam “engraçado” (a mente dos jovens dos anos 70 era bizarra). Derf Backderf era um dos colegas que riam das imitações e que era alheio ao que acontecia com Dahmer.

resenha Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; darkside Meu Amigo Dahmer; darkside Derf Backderf; darkside books;

Somando a todos esses infortúnios, Dahmer tinha uma fixação por dissecar animais mortos que encontrava na rua, assim como um desejo profundo de se relacionar sexualmente um rapaz que via correr todos os dias na frente da sua casa. Uma ânsia perturbadora ao descobrirmos que seus pensamentos com o corredor eram necrófilos. Esses desejos eram sufocados pela bebida, que tentava desligar sua cabeça do mundo e de todos, jogando assim o jovem no alcoolismo. Porém as coisas pioraram, e num turbilhão psicológico, Dahmer olhou para o abismo e sorrio.

resenha Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; darkside Meu Amigo Dahmer; darkside Derf Backderf; darkside books;

É surpreendente e assustador o trabalho que o autor teve para construir essa história. Sua pesquisa através de ex-colegas, professores, registros policiais e confissões gravadas do próprio Jeff Dahmer traçaram uma linha de eventos desoladora sobre a origem de um assassino. O narrador é o próprio Derf Backderf apresentando eventos que podem fazer o leitor associar com alguma situação que já tenha presenciado, seja com algum conhecido ou desconhecido – como o bullying. De certa forma, além dos perigos de uma mente psicopata, a história também serve de alerta para como tratamos as pessoas, tenham elas problemas psicológicos ou não.

resenha Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; darkside Meu Amigo Dahmer; darkside Derf Backderf; darkside books;

Você não encontrará cenas sangrentas de assassinatos ou coisas do tipo, mas sim a insanidade que acomete o homem. A arte preta e branca tem um traço único e exagerado, que cumpre seu trabalho ao retratar de maneira cinematográfica as várias situações perturbadoras da vida de Dahmer. Em várias cenas com o protagonista percebemos as sombras e o silêncio retratado com excelência pelo autor, nos mostrando uma áurea angustiante e decadente.

resenha Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; darkside Meu Amigo Dahmer; darkside Derf Backderf; darkside books;

A edição da Darkside está primorosa, como já é de costume da editora, com capa dura e papel offset - que ajuda qualidade das artes pretas e brancas. O volume está repleto de extras com anotações, comentários e fotos sobre a intensa pesquisa que Derf Backderf fez para finalizar sua obra.

resenha Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; darkside Meu Amigo Dahmer; darkside Derf Backderf; darkside books;

Meu Amigo Dahmer é um retrato real sobre a derrocada de uma pessoa cercada por todos os tipos de problemas - escolares, familiares, com bebida, etc – que deram um empurrão para sua mente doentia aflorar e destruir a vida de várias pessoas.

E no próximo sábado, dia 09, você esta convidado a comparecer ao nosso evento sobre as graphic novels que a editora Darkside esta publicando, será as 17h na Livraria Leitura, Confirme presença clicando aqui.

resenha Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; Meu Amigo Dahmer Derf Backderf; darkside Meu Amigo Dahmer; darkside Derf Backderf; darkside books;
Meu Amigo Dahmer (My Friend Dahmer)
Autor: Derf Backderf
Editora Darkside Books (DarkSide Graphic Novel)
Ano: 2017
Skoob: 4.3 Estrelas / Goodreads: 3.89 Estrelas
Compre Aqui ♥
05 Estrelas
MEU AMIGO DAHMER traz o perfil do psicopata Jeff Dahmer quando este ainda era um aluno do ensino médio. O autor do livro foi seu colega de turma nos anos 1970, e conviveu com o futuro “canibal de Milwaukee” com uma intimidade que Dahmer talvez só viesse a compartilhar novamente com suas vítimas. Juntos, Derf e Dahmer estudaram para provas, mataram aula, jogaram basquete. Os dois tomaram rumos diferentes, e Derf só voltaria a saber do amigo pelo noticiário, anos depois. Em 1991, os crimes de Jeffrey Dahmer vieram à tona: necrofilia, canibalismo e uma lista de pelo menos 17 mortos, entre homens adultos e garotos. O primeiro assassinato teria acontecido meses após a formatura no colégio.
Autor: Derf Backderf vendeu seu primeiro cartum, um retrato nu de sua professora da sexta série, por dois dólares a um colega de classe que o utilizou para propósitos indescritíveis. Hoje ele é um dos mais lidos criadores de quadrinhos independentes. O artista e escritor, que trabalha em um estúdio não aquecido no sótão de sua casa em Cleveland, cresceu em uma pequena cidade rural em Ohio, experiência que inspirou suas graphic novels Trashed, Punk Rock & Trailer Parks e o best-seller internacional Meu Amigo Dahmer, que lhe rendeu um prêmio no Festival de Angoulême, França, em 2014, e foi adaptado para o cinema em 2017 pelo diretor Marc Meyers. Saiba mais em derfcity.com.

Comente com o Facebook